segunda-feira, junho 18, 2007

Florestas de encantar

Pode ler-se na Kaminhos que José Manuel Biscaia, o presidente da Câmara Municipal de Manteigas,revelou que, para revitalizar a zona das Penhas Douradas, pondera a criação, nesse local que considera a "pérola da Estrela", de um centro de "treinos e competição de alto rendimento", a construção de uma "casa do Pai Natal" e de um "espaço de sentidos, uma espécie de «floresta encantada»". Podem ler-se na mesma notícia outras ideias para construções: "espaços museológicos" e "adaptação do centro de meteorologia para equipamento multiusos que possa servir também como planetário".

Eu acho que Manteigas já tem florestas encantadas. Aliás, para mim, são a imagem de marca de Manteigas. Por exemplo, esta que mostro acima, entre as Penhas Douradas e Manteigas; a do Souto do Conselho, outra; a do Sameiro, mais uma. Isto, já para não falar da maravilha do Covão d'Ametade (actualmente em curso de se transformar num maravilhoso parque de grelhados). Em vez de aproveitar estas maravilhas definindo, documentando e divulgando trilhos pedestres que as percorram, ou apoiando e promovendo empresas que as façam viver (através de passeios a cavalo e de burro, por exemplo), o autarca defende mais construções nas Penhas Douradas e "florestas encantadas" artificiais...

E é estranho. O presidente da Câmara de Manteigas considera que "As Penhas Douradas são a 'pérola' da serra da Estrela e a única aldeia de montanha que existe, na medida em que as Penhas da Saúde [na Covilhã] estão descaracterizadas devido à quantidade de construções ali existentes". Aqui, concordo no essencial com ele: acho que as Penhas Douradas merecem mais o título de 'pérola da Serra' do que as Penhas da Saúde, porque estas têm demasiadas construções (mas também pela sua qualidade e arquitectura, e não estou a pensar apenas nas barracas de zinco). Mas voltemos ao primeiro parágrafo deste post. Se se construir tudo o que José Manuel Biscaia sugere para as Penhas Douradas, em que estado ficará esta pérola? Bastante mais parecida com as descaracterizadas Penhas da Saúde, quer-me parecer...

6 comentários:

Anónimo disse...

Isto parece aquele anúncio do "Ó minha sra. aquilo é só mais um ILUMINADO". É das declaraçõs mais ridiculas que tenho visto. "Casa do pai Natal"?!?!?! Esta gente não percebe que os parques temáticos estão mortos e enterrados desde o inicio dos anos 90. Vamos valorizar a Natureza de uma vez por todas.Criar condições para o regresso do lobo, incentivar até ao limite das finanças camarárias projectos como o milhão de carvalhos, apoiar a recuperação das aldeias, etc, etc tanta coisa onde gastar os milhões que pretendem para a serra. Realmente a politica tem o dom de atrair os maiores cerebros do pais.
RicardoC

Pedro n. t. santos disse...

José,

Como dizes, e bem, as maiores riquezas de Manteigas são as suas florestas, nomeadamente a encosta de S.Lourenço (a caminho das Penhas Douradas), que inclui exemplares magníficos de carvalho-negral e as maiores pseudotsugas de Portugal(e que são também, tanto quanto tenho conhecimento, das maiores fora do seu habitat original nas montanhas da Califórnia).

Só nos faltava mais esta...depois daquele "elefante branco" que é o skyparque e de projectos como o da construção em Vale de Amoreira de um campo de golfe (subaquático?)em leito de cheia, do casino, das "estradas verdes" e de tantos outros disparates, só nos faltava mais esta: "diz que é uma espécie de aldeia do Pai Natal".

Será para rir? É que a mim, muito sinceramente, dá-me é vontade de chorar...

TPais disse...

Realmente, nunca ouvi ninguem a dizer que queria "requalificar" uma pérola!!Mas enfim, esta arrogancia humana de achar que é capaz de melhorar as perolas naturais.
Embora me pareça que este presidente esteja mais alerta para a sensibilidade do local, estremeço de cada vez que ouço noticias destas!!

Penhas disse...

Pois tpais, estremeço mais quando subo as irregularidades do piso da Rampa e olho para as vivendas ardidas, para o ex-libris do Sanatório, para a confusão urbanistica das Penhas da Saúde, para a insegurança do Parque de Campismo. E ainda mais estremeço quando leio estas bocas de quem sendo da Cobilhã não devia, porque não sabe o que diz nem tem visão de futuro, opinar sobre o concelho de Manteigas. Como se diz por aqui, vá catar gambosinos.....

Anónimo disse...

K cromo este RicardoC! Criar condições para o regresso do lobo? Vai-lhe dar o k? Se poucas ovelhas há e fauna também atribui-lhe o Cartão-Jovem para uns descontos nas feijocas? E os parques temáticos estão mortos onde? Consulte as agências de viagens, ó caramelo! O que não morre, infelizmente, é esta capacidade anormal de cuspir foleirada....

CarlosC

ljma disse...

CarlosC, criar condições para o regresso do lobo é uma das tarefas atribuídas aoo PNSE (mesmo que não lhe sejam atribuídos meios para o fazer). A presa preferencial do lobo é o corso, outra possível é a cabra montês. Poderia fazer-se um esforço para reintroduzir estas espécies, mas dá mais trabalho do que exigir estradas ao governo.

O direito a "cuspir foleirada" é um que eu não quero encorajar, mas também não vou cercear, desde que não se ultrapassem certos limites. Peço a todos, até a si, que sejam contidos na aplicação desse direito. Noto que, se é verdade que o RicardoC pode ter ultrapassado o limite a partir do qual você, CarlosC, considera que se está a "cuspir foleirada", o Carlos também pode ter ultrapassado o limite de outros leitores. Contenção, por favor! Mais argumentos, menos adjectivos. A gerência agradece.

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!