domingo, outubro 29, 2006

Passo a citar

"Uma vez mais, lamentamos a degradação ambiental que afecta o Parque Natural da Serra da Estrela, nomeadamente no planalto da Torre, zona de elevada sensibilidade, que pelo seu valor mereceu a classificação de Reserva Biogenética pelo Conselho da Europa.
Nas pistas de ski da Torre, em direcção aos Poços de Loriga, foram destruídos habitats naturais prioritários para a conservação, para construção de pistas de BTT, as quais poderiam ter sido implementadas em locais menos sensíveis, produzindo menor impacte a nível da conservação da natureza.
Não é, com certeza, este tipo de infra-estrutura turística, que destrói a paisagem e os habitats naturais, que trará sustentabilidade para a nossa região.
"
Este texto é a nota de abertura do Bloco de Notas do CISE nº 16, do Outono de 2006. Vem a propósito lembrar este, este e mais este artigos do Cântaro Zangado.

(Recomendo mais uma vez, e mais uma vez vivamente, os Blocos de Notas do CISE. Pode encontrá-los todos aqui.)

2 comentários:

Rui Peixeiro disse...

Acerca das BTTs e a turistrela....
Este fim de semana, houve uma prova de BTT organizada pela Turistrela (uma avalanche) que, adivinhem... marcaram o circuito com fitinhas (da vodafone) e por lá ficaram...

Desde as Penhas da Saúde até à Covilhã, será fácil encontrá-las.
É triste, que isto continue acontecer. Custaria assim tanto meter uma ou duas pessoas a descer o circuito a pé e irem retirando as fitas?

ljma disse...

Olá, Rui!
Ah, mas isso merece uma visitinha amanhã de manhã, com a máquina fotográfia pronta a disparar... Ainda bem que (só por acaso) o meu telemóvel não é 91! Se o fosse, acho que estaria agora a pensar em mudar de fornecedor...

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!