quarta-feira, maio 20, 2009

Indispensabilidades

No alto de S. Lourenço (concelho de Manteigas) há um pequeno aglomerado de antigos e solenes carvalhos-negral, alguns com perto de quinhentos anos de idade. Rodeada por esses carvalhos, uma pequena capela, igualmente solene, que parece igualmente antiga. Foi construída por pessoas que subiam de Manteigas ou do Sameiro a pé ou de mula, num trajecto em que não demoravam menos que uma hora, ainda por cima carregados com os materiais de construção, pelo menos aqueles que não conseguiam produzir no local.

O sítio merece bem uma visita, facilitada hoje em dia por um estradão de terra batida, rasgado imagino que para permitir a construção do posto de vigia existente algumas centenas de metros mais a sul, onde a vertente sobre o Vale do Zêzere se acentua.

É interessante (e um pouco deprimente) constatar que, pobres e sem meios, os antigos conseguiam construir sem estradas ao passo que nós, mais ricos, mais poderosos e (alegadamente) mais conscientes, não o conseguimos fazer.

Mas deprimente, mesmo, é constatar que os pobres e fracos antigos conseguiam realizar trabalho sem estradas e sem pópós, ao passo que nós consideramos indispensáveis as estradas e os pópós, até para gozar uma tarde de sábado soalheira, para desanuviarmos do stress diário, para (absurdo dos absurdos!) nos aproximarmos da natureza. Ou não é isso que se deduz das vozes que exigem ou exigiram estradas asfaltadas para as zonas altas da serra em Unhais, em Cortes do Meio, na Guarda, em Alvoco, em Loriga, sempre justificando essa exigência com o contributo que a estrada dará para o desenvolvimento do turismo?

Assim vamos... No rumo certo, no de sempre. Estamos de parabéns.

6 comentários:

FPereira disse...

"O Cântaro Zangado" continua ser um blog refrescante de verdades e lucidez. Chegam até a ser verdades mais refrescantes do que as gélidas águas da serra... verdades arrepiantes... Portanto, lá vamos vendo o mundo através dos vidros do carro, dos vidros das televisões e através dos vidros do teodolito.

Rotiv disse...

É um sitio muito agradavel.
Passei la um verão inteiro, em 2002, a trabalhar no vigia de S.Lourenço.
Foi uma experiencia muito rica. Passei muitos e bons momentos em defesa da nossa floresta ;)e fiz alguma caminhadas ;)
Abraços

Anónimo disse...

Caros:

Agradecemos divulgação desta petição:

http://www.peticao.com.pt/sitio-sico-alvaiazere

Cumps.
Os Peticionários

Blog Cortes do Meio disse...

Caros amigos,

solicitamos a melhor divulgação para o seguinte post: http://cortesdomeio.blogs.sapo.pt/87114.html

Obrigado!
Blog Cortes do Meio

Anónimo disse...

Pretendo remeter-vos um email.Todavia, o endereço que tèm no v. blog dá-me esta resposta.
Agradeço por isso a indicação dum endereço que permita remeter o emial referido
Grato
a.amaro
ocantarozangado@gmail.com;>:
Sorry, I couldn't find any host named gmail.com;. (#5.1.2)

ljma disse...

Caro a. amaro, o nosso endereço de email é mesmo
ocantarozangado@gmail.com

Mas na sua mensagem aparece nas duas vezes gmail.com;
(com ponto e vírgula). Será esse ponto e vírgula a causa do erro?

Se o problema se mantiver experimente o meu email pessoal, ljmamoreira@gmail.com.

Saudações
JA

Já que aqui vim, aproveito.

FPerereira, muito obrigado pelas suas palavras. Continuaremos a fazer os possíveis por as merecermos (ou por que alguns continuem a achar que as merecemos).

rotiv, o Alto de S. Lourenço é de facto um sítio muito agradável, sim senhor, como tantos, mas tantos outros em que o concelho de Manteigas é rico! Ainda bem que o aproveitou, enquanto servia como serviu a floresta. A malta só tem é a agradecer, claro! (E a invejar, que no meu tempo não havia dessas ocupações de tempos livres...)

Cortes do Meio, é uma situação deplorável. Como vai havendo tantas... Obrigado pela denúncia.

Bom fim de semana a todos!

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!