quinta-feira, junho 14, 2007

PNSE no Serra Shopping

Por azar, não pude ir à palestra do PNSE no Serra Shopping. O tema de hoje era educação ambiental, novos trilhos pedestres e já não sei mais o quê. Confesso que era a palestra que mais me interessava das três previstas.
Se algum leitor do Cântaro Zangado esteve por acaso presente, agradeço que me faça chegar informações sobre o que lá se disse. Obrigado.

4 comentários:

Susana Proença disse...

não sou tão assidua leitora como devia mas lá vou passando os olhos pelos blogs da região. desta vez não consegui resistir á tentação e cá vai... eu fui uma das pessoas (meia dúzia) que esteve presente nesta palestra. para além do interesse pessoal compareci por questões profissionais uma vez que sou jornalista de uma rádio local. devo dizer-lhe que foram interessantes as comunicações foram apresentados dados sobre a educação ambiental que considero importantes como as 2 mil pesssoas que nos primeiros 6 meses do ano fizeram percursos acompanhados pelos guias/vigilantes do PNSE,a reformulação da grande rota e a criação de novos percursos de curta e média dimensão ou a certificação das empresas de animação e de guias que querem trabalhar na serra da estrela. infelizmente mais promenores sobre estes temas vão ter de aguardar uma autorização porque foi essa a resposta que recebi no final da palestra. nem sobre os dados tornados publicos durante o evento foi possivel falar porque não havia autorização.
fico feliz porque eu e as poucas pessoas presentes ficámos a saber destas novidades, mas não deixo de lamentar o facto de não a puder divulgar a outras pessoas (acredito que sejam muitos mais os interessados e que não puderam estar presentes) enfim já não é novidade depararmo-nos com este tipo de "regras" nos organismos públicos. sinceramente com o PNSE nunca me tinha acontecido. são já os sinais das mudanças resultantes da reestrururação do agora ICNB. uma última nota: durante a palestra foi referida a necessidade de divulgar o PNSE, valorizar o trabalho e os seus resultados. pena é que essa divulgação deixasse de ser prioridade nos minutos seguintes e que a "autorização" assuma um papel principal!!

Pedro n. t. santos disse...

Já sabíamos que em Portugal a conservação da Natureza era uma utopia; pelos vistos, passou igualmente a ser "segredo de Estado"!

ljma disse...

Susana, muito obrigado pelo "relatório".

Partilho as suas (e do Pedro) observações sobre a importância das "autorizações". Aliás, este episódio parece mais um elemento desta atmosfera sufocante de que se tem falado.
Obrigado, mais uma vez.

TPais disse...

Desculpem mas tenho uma visão mais pessimista e menos conspiratória sobre a questão das autorizações. Para mim simplesmente não há mais nada para dizer alem do que a Arq. Maria da Paz expos na sua palestra!Uma vez que houve um "face wash" do parque, estas declarações parecem-me apenas um conjunto de boas intenções onde ainda não houve nenhuma reflexão séria. Pá, era preciso dizer qualquer coisa e como relativamente à gestão anterior não havia nada de jeito, arranjou-se a modos que umas laraxas que ficassem bem para quem ouvisse!

Abraço

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!