terça-feira, junho 12, 2007

Blog com tomates

O Máfia da Cova, que é o grande blog do extremo oriente português (aquela "estreita" faixa do território nacional situda a mais do que 60km da costa) entendeu nomear o Cântaro Zangado como "Blog com Tomates". Em si, a distinção já é lisonjeira. Mas o que nos deixou verdadeiramente honrados foi aparecermos misturados com as restantes nomeações da Máfia:
  • Coalition for Darfur (Um blog sobre Darfur)
  • Tupiniquim (Um blog sobre os povos indígenas e considerado o melhor blogue do ano nos Prémios Internacionais Weblog da Deutsche Welle 2005, mais conhecidos como prémios BOBs)
  • Baghdad Burning (Blog anónimo de uma iraquiana nomeado para um prémio literário britânico atribuído pela BBC. «Baghdad Burning» é um relato escrito sob o pseudónimo Riverbend e foi um dos 19 finalistas ao prémio Samuel Johnson para não-ficção em 2006)
  • Do Portugal Profundo (Um blog de António Balbino Caldeira sempre com "novidades" sobre os casos mais escaldantes no nosso cantinho que é Portugal!)

Como é que o Cântaro Zangado aparece aqui, nesta selecção de pesos pesados? Com muita honra, pois claro!

Cabe-nos agora a nós, no Cântaro Zangado, nomear mais blogs com tomates. Parece-me que são blogs com tomates todos os que falam das aldeias (ou de outras localidades maiores) da nossa região, informam sobre o que se passa, mantêm os vínculos com os naturais da "terra" que emigraram, dinamizam ou divulgam actividades, e, tantas vezes, gritam que o "rei vai nu" quando, de facto, assim é. É preciso tomates para ver uma terra perder empregos, perder juventude, perder capacidade de iniciativa e, mesmo assim, não desistir. A esses blogs e a esses autores, ânimo! A força de uma terra, a modernidade de uma terra, o progresso de uma terra, são coisas construidas pelos seus habitantes, não caem do céu enquanto se espera pelos "indispensáveis" apoios do governo ou enquanto nos lamentamos por ele se ter esquecido de nós.
Com a certeza absoluta de me estar a esquecer de muitos, cá vai

E tantos outros...

4 comentários:

"O Padrinho" disse...

EHEHEH! Blog do extremo oriente português... pelo menos não é do deserto!! :)

Saudações mafisas e continuação do bom trabalho desenvolvido(e com tomates!) em prol da nossa serra!

ljma disse...

Padrinho, usei essa expressão sem qualquer intenção menorizante. Foi uma ironia dirigida àqueles que, vivendo numa (essa sim) estreitíssima faixa encostada ao litoral, acreditam que Portugal se resume a ela... (Isto, já para não falar dos lisboetas, muitos dos quais nasceram e cresceram noutros sítios, que acham que "o resto é paisagem".)

Mike disse...

Caro José,

agradecemos as suas palavras e retribuimos os... "tomates".

Cumprimentos,

Mike

Asno disse...

Este escapou-se-me!
Muito obrigado e cumprimentos asininos do Casegas Vai Nua!

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!