domingo, janeiro 14, 2007

A grande âncora da neve

Ontem (sábado 13 de Janeiro) de manhã abri a página da Turistrela para ver quais eram as condições da estância. Eis o que dizia a página: Pois, nada de novo. Têm aberta uma pistinha cujo comprimento não tenho a certeza que chegue aos 100m. Estão assim desde o início da época, com a excepção da semana do natal em que conseguiram abrir uma outra pista. O mapa da estância, tal como ela tem estado a funcionar esta época, resume-se ao traço vermelho da figura que mostrei aqui.
Agora, interessante, interessante é a indicação da profundidade da neve. Dois centímetros?! Não admira que esteja dura. Deve estar tão dura como as rochas que se encontram por baixo!
Mas chega de internet. Ontem à tarde fui escalar para a Placa da Francelha, ou seja, passei perto da estância, por volta das 14:30. Eis uma fotografia desta estrutura importantíssima para o desenvolvimento do país, como lhe chama Jorge Patrão (presidente da Região de Turismo da Serra da Estrela): Quer apreciar a qualidade da neve de 2 cm? Pois bem, aprecie: Nada mau como manto branco, hem?
E tal, musiquinha ambiente, e tal, gente a esquiar na pista de aprendizagem e bicha de dez pessoas no teleski, e tal, tractores com reboques cheios de neve recolhida sei lá onde e que ali era depositada, e tal, o lixo do costume por ali espalhado, e tal, até, snowboarders em sessão fotográfica numa área com seis metros de comprimento e terminando num montinho de neve ali ajuntado (para saltos), gritando "yo!" e "radical!" uns para os outros, cheios de estilo e roupas de marca.
E diz-me o meu colega de cordada: "Incrível, mesmo, é que haja quem pague para isto! Somos mesmo um país de parvoetas!".
Pois somos.

Nota 1: este ano é um ano especialmente quente, já o sabemos. O próximo ano pode muito bem ser muito melhor que este. Pode até começar a nevar amanhã e não parar até Março. Mas a verdade é que, fora certos dias especiais de certos invernos especiais, a neve na estância vodafone derrete durante a tarde e congela durante a noite. Assim sendo, é dura como vidro até meio da manhã (questão que é parcialmente resolvida pela passagem dos ratracks logo pela manhãzinha) e mole como papa o resto do dia. Neve pó na Serra da Estrela é muito, muito rara.
Seja como for, a verdade é que a tendência do aquecimento global deixa poucas dúvidas sobre a viabilidade do esqui na Serra da Estrela. Talvez pudesse concordar com a manutenção da estância de esqui, desde que (1) ela se mantivesse na área que agora ocupa; (2) fossem seriamente estudados os impactos ambientais do seu funcionamento e implementadas medidas que os mitigassem, e isto independentemente de quaisquer obras que a Turistrela lá queira realizar; (3) que tudo isto se fizesse com verbas do investidor e não dos nossos impostos. Se é para deitar dinheiro fora apoiando actividades tão previsivelmente moribundas, preferia que que o estado apoiasse, por exemplo, pequenas e médias empresas de lanifícios que ainda subsistem na região. Mas bom, mesmo, era ver o estado a apoiar actividades com futuro, como as relacionadas com o turismo de natureza.
Nota 2: No site da Turistrela podemos ainda ver que a telecadeira da Torre se encontra em funcionamento. Desengane-se, caro esquiador ou snowboarder. A telecadeira está em funcionamento, sim, mas a neve não chega até lá. Está aberta apenas para as voltinhas dos "tristres", não é para si enquanto utilizador da estância.

6 comentários:

Vympell disse...

Repito e Repito e Repito e não me canso de repetir:

Bem vindos ao rol da saloiada Estrelense Endémica. (será?)

É que já estou a ver o filme todo montado (o mesmo do costume e já gasto. É que nem nisto tem o mínimo de estilo e de bom gosto (tal como o novo folheto da RTSE – Produções Fictícias).

Lá para Maio a Turistrolha, o Beirão (sim esse que só diz m....) e a RTSE vêm-se vangloriar com os 120 dias de estância aberta, que é um projecto anzol e agora com os pentilhões do "Puter" (Piter não, porque pelo andamente isto vem é fod...... tudo ainda mais), fundamentais para o desenvolvimento sustentável, sendo para isso fundamental a ampliação (9, 30, 40, 50 km. Então como é que ficamos? Qualquer dia vêm com o autodrómo de F1) da Estância Caterpillar Serra dos Sacos Plásticos, Tubagens e Afins** 1991.

Eu até pergunto como é possível a estância estar aberta (com os custos inerentes a esse facto), oferecendo as degradantes condições existentes de “neve térrea” de 2 cm (como é que conseguem medir?). Até mete nojo aquilo... (atenção: gente não falta (o que é triste) para andar naquela pista olímpica que até o Cântaro deve ter vergonha de ver o seu nome associado).”

E repito novamente:

”Esta é a melhor resposta que a natureza dá quando não a "ouvimos". E não se esqueçam, a Natureza, mais cedo ou mais tarde e geralmente da forma mais cruel, vem cobrar o I.A. (Imposto de Agressão). O problema é que nós não aprendemos. Seremos sadomasoquistas repito???? Eu não, eles não sei…Talvez tenham as costas quentinhas não???”

**Banheiras de bebés, barcos de borracha, pranchas de bodyboard (aos montes), câmaras-de-ar, restos de tubagens (serão dos super-mega-refixes-ultras canhões de neve que funcionam a temperaturas positivas, segundo o entendido e experiente técnico Artur Costa Pais (eu pergunto: porque não funcionam então??????), contraplacados (com o nome Tur…la), placas da Fosters e Vodafone (hum… onde é que já vimos estes nomes????? Na telecadeira talvez.))”

TPais disse...

ljma, acho que devias mandar estas fotos e um textozinho explicativo, para o publico e a visao já k estes 2 tem dado tanta cobertura a este assunto!Ja agora para a rtp1 tambem!!abraço

TPais disse...

ljma, acho que devias mandar estas fotos e um textozinho explicativo, para o publico e a visao já k estes 2 tem dado tanta cobertura a este assunto!Ja agora para a rtp1 tambem!!abraço

Rui Peixeiro disse...

Estava aqui a ver a revista Sabado desta semana quando vejo isto:

http://img442.imageshack.us/my.php?image=image1rw3.jpg

Aqui é que nem este tipo de pensamento conseguem ter....

Rui Peixeiro disse...

ahh, também concordo com o ponto 1...

Anónimo disse...

A Serra Da Estrela e o seu respectivo Turismo, são do melhor. E voces, ja k so andam aí meter nojo porque não vão trabalhar.Burr...

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!