quinta-feira, julho 06, 2006

Fluxos e refluxos

É só para informar que decidi voltar a autorizar os comentários no Cântaro Zangado. Desde já aviso, no entanto, que vou tentar conter-me nas respostas. Não vou ligar muito, tentarei manter um certo distanciamento. E, mais tarde, posso muito bem voltar a fechar os comentários, nunca digas "desta água (a dos comentários) sempre beberei"!
Porque tomo esta decisão? Penso frequentemente que escrever num blog (se calhar, escrever, simplesmente) é um pouco um exercício de vaidade, "Ó p'ra mim, tão interessante que eu sou, tão giras que são as minhas opiniões!". Só o diálogo que se vai mantendo com os leitores (por poucos que sejam) mitiga um pouco o incómodo de me ver nesta situação. Bem, sem comentários, não há diálogo, sinto-me a falar comigo. Não me agrada, já sei o que vou responder ainda antes de saber o que vou perguntar...

Portanto,
Sejam, de novo, todos benvindos ao Cântaro Zangado!

5 comentários:

Fixer disse...

Daqui aplaudo o regresso dos comentários.

Faziam falta. Espera-se respeito de todos...

ljma disse...

Obrigado pela forcinha, fixer. Prazer em lê-lo de novo.
(Gaita!, tinha prometido que me ia afastar dos comentários! Bolas!)

UheccaGil disse...

Ahahahahah!! Ah pois é... Falar para o vazio tem o incómodo de fazer eco. Ainda bem que nos voltou a deixar fazer comentários. Queria agradecer as palavras que deu sobre o estudo na Ribeira das Cortes. O assunto tocou-me mais fundo porque tinha acabado de vir de lá. Foram as minhas mini-férias. Depois deparar-me com aquilo... ai ai! Pobre coração...
Vá, nada de comentar sff!

João disse...

acho que deve ser mesmo esse o espirito...Parabéns pelo regresso

ljma disse...

huecca, joão, obrigado pelos encorajamentos. Vão aparecendo!

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!