sexta-feira, abril 07, 2006

Para que conste

Quando os autarcas falam no "interesse das populações", nas "legítimas espectativas de desenvolvimento", eles lá saberão do que falam, lá terão os seus meios para a auscultação da opinião dos munícipes. Eu não sei que meios são esses, porque nunca ninguém me auscultou a mim, nunca fui sondado e, apesar de também ser parte população, aquilo que invariavelmente é apresentado como o seu interesse não tem o menor ponto de contacto com o que me interessa a mim. Para ajudar os autarcas a perceberem melhor o interesse desta parte da população que é a minha pessoa (mas suspeito que não estou isolado, é que eu também tenho os meus meios auscultatórios, por assim dizer) apresento

As minhas legítimas expectativas de desenvolvimento para a Serra da Estrela

  • Diminuição da pressão urbanística e rodoviária sobre a Serra
  • Limpeza imediata da zona da Torre
  • Implementação de uma rotina que mantenha essa zona limpa
  • Divulgação na internet do traçado dos trilhos pedestres de grande rota, de circuitos de BTT e dos sectores de escalada
  • Retoma do esforço de sinalização dos trilhos iniciado pelo PNSE, definindo e classificando trilhos de pequena rota, que são utilizados mas não estão documentados
  • Disponibilização de mapas topográficos da Serra em formato electrónico, de utilização livre, para planeamento e divulgação de actividades
  • Intensificação do esforço de reflorestação
  • Activação ou reactivação de projectos de reintrodução de espécies extintas, em particular o lobo e a cabra montês
  • Definição de uma estratégia clara e intransigente de defesa do ambiente e da paisagem serrana.

1 comentário:

Fixer disse...

Isolado já não está!

Eu concordo com este "plano de desenvolvimento".

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!