quarta-feira, dezembro 17, 2008

"Requalificar" a serra da Estrela?

Não, obrigado. O que se fez nos últimos quarenta anos já chega e já sobra.

Requalificar a serra, *a sério* (agora sem aspas)? Sim: removam-se todos os monos horríveis com que a "requalificámos" no passado. Renaturalizem-se as áreas que "requalificámos" no passado. Limite-se o tráfego rodoviário a níveis não absurdos, naqueles fins de semana absurdos. Preservemos as paisagens, os habitats. E desenvolvamos um verdadeiro turismo de montanha que, como qualquer pessoa pode constatar visitando qualquer montanha do mundo ocidental (mesmo aquelas onde se esquia a sério), é algo muito, muito diferente do que por aqui temos promovido.

1 comentário:

* disse...

A preservação da montanha é um imperativo. Concordamos que a demolição dos "monos" seria um bom sinal da administração pública, que certamente teria um efeito multiplicador na cabeça do cidadão comum bem mais ambicioso que os slogans começados por "re", normalmente empregues apenas para legitimar a empreitada a esmo, como se vê nas Penhas da Saúde. Seria um passo audacioso para a "qualificação", sem o prefixo, do Parque Natural enquanto tal.

Saudações do Grémio*

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!