quinta-feira, agosto 16, 2007

Os "Bastidores" da Volta na Torre

A RTP passou hoje (16/08/07) uma reportagem no programa "Portugal em Directo" sobre os impactos da passagem da Volta a Portugal pelo PNSE. Devo dizer que a organização da prova, representada por Joaquim Gomes (JG), não ficou muito bem na fotografia!
Dois dias depois da "etapa da Torre" todo o lixo produzido no âmbito deste evento ainda lá continuava! Desde garrafas de champanhe a publicidade dos próprios patrocinadores, contentores de lixo a rebentar pelas costuras até multiplas pinturas pelas rochas!
Caro Joaquim Gomes, tem toda a razão!Os apelos feitos pela PDSSE há dias foram completamente despropositados e apenas procuravam protagonismo!
Fiquem então a saber que as queixas vieram até da Turistrela pela voz de Mónica Paixão!!Imaginem como é que aquilo não deve ter ficado! Pelo que vi na TV, e a bem da verdade, a intenção inicial deve ter sido boa, ou seja, o lixo que conseguiram apanhar foi todo reunido em sacos plásticos grandes e deixados na berma da estrada para eventual posterior recolha. O problema deve ter sido o feriado, e as férias e o "stress pós-traumático" de organizar uma prova destas (esta é do meu comparsa LJMA) ou outro. Mas a verdade é que o ambiente não se compadece com nenhum destes factores e o que aconteceu é que o vento, os animais e sei lá mais o quê trataram de abrir sacos, espalhar lixo e acabar com qualquer hipótese de manter a zona pelo menos tão limpa como havia sido encontrada quando a Volta lá chegou!
O que também fez com que JG não ficasse bem na fotografia foram as criticas tecidas à PDSSE até porque, segundo declarações do recentissimo director do PNSE à RTP, a organização da Volta não fez nenhum contacto prévio com os responsáveis desta Área protegida no sentido de delinear um código de conduta para reduzir os impactos deste evento! Mais uma vez se vê a falta de fundamentos nas preocupações da PDSSE.

Para terminar gostaria de referir as declarações de José Maria Saraiva (ASE) quando diz que da mesma forma que os dirigentes dos clubes são responsabilizados pelo que se passa durante um evento no seu estádio também os dirigentes da volta deveriam ser responsabilizados pelos impactos negativos originados pela realização do evento!Para mim isto é de uma coerência brutal!

3 comentários:

al cardoso disse...

Ainda estamos a anos luz da conscencializacao ambiental, porque se assim nao fosse, cada um teria recolhido o seu lixo e te-lo ia despejado devidamente, ou melhor ainda nao teria feito nenhum lixo!
Realmente o senhor Gomes deveria ter fechado a boca e nao tinha ideia de fazer melhor!

Ze_da_Quelha disse...

No dia da volta, centenas de pessoas utilizaram a telecadeira, incluindo eu, o comportamente de algumas delas é simplesmente inacreditável, desde lançarem latas e sacos de plástico "borda fora" a responderem de uma maneira mal educado a quando chamados à atenção pelos actos cometidos. Quanto ao lixo, muito foi levado e deixado por habitantes locais que é o que ainda entristeçe mais. Acreditem que fico muito contente que a volta não passe pelo lado da covilhã, sou grande fã das duas rodas mas prefiro sem dúvida ter a minha serra limpa. Concordo em pleno que os organizadores sejam responsabilizados, assim como quem tem negócios numa zona tão exclusiva também deve ter uma parte de responsabilidade e preocupação de preservar a zona. Sinceramente não acredito que se responsabilizem por alguma coisa, nem os placares e postes velhos de publicidade tiram, quanto mais o lixo doméstico. É a triste realidade de um serra que por estas e por outras deveria ter o trânsito condicionado em grande parte da sua área.

TPais disse...

AL, é verdade que a consciencialização ambiental está longe, mas é possivel aproxima-la pouco a pouco, diáriamente. E está mais ao alcance de todos do que possamos imaginar. Ainda assim daria uma ajuda se as autoridades competentes fizessem cumprir a lei de forma mais coerente e frequente.

Zé,
lamento ouvir esse relato que nos faz do dia da Volta!Infelizmente não acontece só nesse dia. No caso em particular da telecadeira deveria ser a Turistrela a ser responsabilizada e se assim fosse seria a principal interessada em chamar a atenção aos seus clientes!Escusava o Zé de ter que ouvir os desaforos!Ainda assim, da minha parte vou fazendo esses reparos às pessoas sempre que vejo algo de mal. Muitas vezes calamo-nos para não nos incomodar mas a serra merece que nos incomodêmos!

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!