sexta-feira, março 16, 2007

Feita a obra, para quando a avaliação?

Fotografia da "lindíssima" estrada de S. Bento, roubada no Blog de João Tilly

Lemos dos Santos (coordenador da Acção Integrada de Base Territorial da Serra da Estrela) explicou detalhadamente no blog do programa PETUR Trânsito na Serra da Estrela como a estrada de S. Bento entre a Portela do Arão e a Lagoa Comprida (na altura estava ainda em construção) iria ajudar a resolver os problemas de trânsito na zona da Torre em certos fins de semana de grande afluência de visitantes.
Passada toda uma época de Inverno desde a abertura ao trânsito dessa mesma estrada, agradecia agora que este responsável fizesse um primeiro balanço sobre o real efeito que essa nova acessibilidade teve sobre o número e a gravidade dos congestionamentos de trânsito no cume da Serra da Estrela.
Relativamente a outros anunciados efeitos desta estrada, como o de desenvolver o turismo em Loriga ou o de evitar a desertificação da encosta sudoeste, ainda é cedo para avaliações. Mas é importante que as façamos, na altura devida, já que mais não seja para ver se se cala este chato (o Cântaro Zangado) de vez.

2 comentários:

Rui Peixeiro disse...

Avaliar..... isso é que era bom...

Eles não devem ser "tapados" de todo e sabem bem que resultado que obteriam se fizessem essa avaliação!


Já agora, aproveito para lhe perguntar uma coisa, que nada tem a ver com este tópico...
Existe algum tipo de mapa, carta, livro, ... onde possa conhecer melhor a nossa Serra da Estrela?
Isto é, eu vou conhecendo diversos locais, já passei por muito lado inacessível de carro, tanto a pé como de btt, ... mas não sei os nomes de grande parte desses locais. Por exemplo, já vim desde Seia até à Covilhã de BTT, passando por esta estrada, mas só quando apareceram as noticias sobre o seu asfaltamento é que tomei conhecimento dos nomes Portela de Arão, estrada de S. Bento, ...
Se me poder sugerir algo, agradecia!

Um abraço e bom fim de semana.

Pandora disse...

Não sei se vai resolver o caus da subida para a Torre. esse problema só seria resolvido se fizessem "passagens aéreas".
Beijos.

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!