segunda-feira, outubro 09, 2006

E se não nevar?

E se não nevar este ano na Serra? Parece-lhe um exagero? Pois digo-lhe que não há muito tempo isso aconteceu, ou seja, cairam alguns flocos mas que foram derretidos ou no próprio dia ou no dia seguinte pela chuva. Em invernos muito chuvosos isto costuma acontecer. Penso que a ultima vez que isto aconteceu foi por alturas do ultimo "el Niño", fenómeno que se caracteriza pela alteração das correntes de vento dominantes no Pacifico Equatorial e que afecta o clima a nivel global. Alem disto os modelos de previsão climática apontam todos para um aumento mais significativo das temperaturas minimas durante o Inverno! Ou seja, nem os canhões de neve poderão ajudar!
Volto a perguntar, e se este ano não nevar? A estratégia principal do Instituto de Turismo de Portugal (ITP) para promover a nossa Serra passa pela aposta no Ski e nos aldeamentos de montanha como podemos ver aqui. Também a Região de Turismo da SE confia que o ouro da Serra é a Neve como já teve oportunidade de o dizer o seu presidente a diversos jornais. Tambem muitos dos comerciantes de peles, queijos, mel, enchidos, louças e mais não sei o quê acreditam e vivem apoiados no ouro branco que atrai turistas.
Parece-me então que se está a por os ovos todos na mesma cesta, o que já por si é um grande risco! Mas o mais curioso é que o trimestre de Julho-Agosto-Setembro é que tem maior ocupação hoteleira como pode ser lido aqui. Então porque se insiste que se tem de investir milhões em infraestruturas de esqui e em melhoria de acessos para o inverno quando de facto não é o periodo que mais contribui para o turismo na Estrela?!
Porque se insiste numa estratégia de expansão em vez de consolidar os valores já existentes nas vilas e aldeias ou nos montes e vales? Quem lucra então com avultados investimentos em maquinaria de estancia, teleféricos ou casinos? Quem lucra com projetos aprovados pela União Europeia que depois não tem qualquer tipo de viabilidade económica?A serra não é e muito menos as gentes serranas.
Termino dizendo apenas que este ano o fenómeno do "el Niño" está de volta. E se não nevar...

3 comentários:

ljma disse...

Com Niño ou sem Niño, a verdade é que a temporada de inverno tem sido progressivamente (com flutuações, claro, como é característico dos fenómenos meteorológicos) menos satisfatória. Cada vez dura menos tempo, cada vez tem menos neve. Mesmo na estância, são cada vez mais frequentes os arranhões dos esquis nas pedras (os 10cm que se conseguem com os canhões não chegam para muito), os "mergulhos" nas piscinas de papa e água da parte da tarde, os deslizes aterradores nas placas de gelo de manhã... É pena. Detesto que as coisas sejam assim. E oxalá que neve a potes este ano. Voltando ao princípio, com Niño ou sem Niño, com neve ou sem neve, a verdade é que com este post (como com os outros) o tpais está coberto de razão.

Anónimo disse...

União pela protecção da Serra da Estrela
Associações criam Plataforma para o Desenvolvimento Sustentável

In: http://www.kaminhos.com/destaque.asp?id_artigo=5358

Blog Cortes do Meio

al cardoso disse...

Pois e meu amigo, o dinheiro consegue convencer muita gente, e normalmente dele beneficiam sempre os mesmos, e neles nao tem sido nem seram incluidos os serranos.
Se as verbas comunitarias tivessem sido aplicadas devidamente, hoje poderiamos ser outra Espanha ou Irlanda economicamente falando, mas para isso era necessario acabar com o "chico-espertismo"

Algarvear a Serra da Estrela? Não, obrigado!